12.16.2008

15 músicas para o setlist do show da Madonna

Aproveitando a vibe #showdamadonna resolvi fazer aqui minha listinha (um ar de Topismos isso daqui, não?) de músicas que eu gostaria de ver no show - mas tenho quase certeza que não estarão lá. 

Alías, quem olhar com atenção vai ver que a lista tem tudo a ver com o repertório da Madonna na Drowned World Tour de 2001, mas como essa não passou pelo Brasil, fiquei chupando o dedo; afinal Erotica, Bedtime Stories e Ray of Light são os meus álbuns prediletos.

A lista não está em ordem lógica, tá na ordem que eu lembrei fui achando no Youtube. Desenterrei umas pérolas dos anos 90, veja:

Don't tell me (Music - 2000)
Veio para a lista porque é umas das que rola tocar no violão. Madonna vaqueira andando na pista. Alías, esse clipe lançou a moda de "andar na estrada cantando", a Alanis (cria da Madonna - Maverick Records) fez o clipe de Everything no mesmo estilão.



Bad Girl (Erotica - 1992)
Falei que eu ia pegar umas coisas empoeiradas! E com o Christopher Walker ainda! O clipe é um de suspense e a música é uma balada super sexy com um "Q" de Portishead.



Frozen (Ray of Light - 1998)
Acho que foi mais o videoclipe que impressionou: o figurino, as tatuagens.



Rain (Erotica - 1992)
Essa música, assim como Frozen, dá uma sensação deliciosa.



Nothing Really Matters (Ray of Light - 1998)
Tô falando que a lista tem um climão Drowned World Tour. Mais uma música super instrospectiva da Madonna.



What It Feels Like For A Girl (Music - 2000)
Esse é o tipo de música gostosa de ouvir em casa e, uma vez bem remixada, dá uma música animal para se acabar na balada. O Clipe foi dirigido pelo atual ex: Guy Ritchie.



Human Nature (Bedtime Stories - 1994)
Se Justify my Love abriu a fase Madonna=Sexo, esta encerra essa fase. E eu AMO esse clipe.



Love Profusion (American Life - 2002)
Uma das poucas da fase novíssima que eu gosto. I've got you under my skin é um verso que eu acho que cai bem em qualquer música.



Bedtime Story (Bedtime Stories - 1994)
Há quem diga que essa é uma grande xaporada da Madonna. Eu digo que é uma
grande xaropada-obra-de-arte porque é composição da Björk!! "Words are useless, especially sentences". A cara dela não? Acredito que essa seja a música que deu o gancho para a fase zen de Ray of Light, álbum seguinte ao Bedtime Stories. E não preciso nem comentar esse clipe.



Express Yourself (Like a Prayer - 1989)
Sim! Uma dos aureos tempos de Madonna com sutiã cónico!



Like a prayer (Like a Prayer - 1989)
Com todo esse estilão de música gospel, Like a Prayer necessariamente está
no meu set list do karaokê.



Take a Bow (Bedtime Stories - 1994) You'll see (Something to Remember - 1995)
É uma historinha de um amor frustado, meio doentio que começa no álbum Bedtime Stories e termina na coletânea Something to Remember. Os clipes são uma sequencia também (os clipes com o toureiro).





I want you - (Something to remember - 1995)
Essa musica está em uma das coletâneas que ela lançou antes da parada para o Ray of Light, quando ela estava grávida da Lourdes Maria e ganhava prêmios com o filme Evita. I want you é genial e é gravada com o Massive Attack. So 90's!



Love don't live here anymore (Like a Virgin - 1984/Something to Remember - 1995)
É, a música era lá do comecinho da carreira e a Madonna resolveu regravar e fazer um clipe para ela só em 1995. Acho que é uma das poucas músicas que a gente vê a Madonna cantando como uma Christina Aguillera (para ter uma referência mais atual) ou como uma cantora pop com vocal da época. E vamos combinar que nesse clipe ela está muito bonita, mas a cara da Débora Blando. Tô falando que esse post é todo anos 90!



Bom, está ai o que eu gostaria de ver, mas sei que talvez só Like a Prayer estará no repertório dela. Enfim, vamos para show!

O que você quer ver no show da Madonna?

1 comments:

Sabrina Mix said...

Oi, Sy!

Eu, como você, adoro Don't Tell Me e Rain. No show que fui (o primeiro aqui no Brasil) ela cantou Express Yourself a pedido de um fã.

Também adoro Music e Borderline, que fizeram parte do repertório da turnê.

Das ainda não citadas, gostaria que ela tocasse Jump.

Ah, em Love Profusion o verso certo é: "I've GOT you under my skin", ok?!

Beijos e sucesso!!!