1.23.2009

#NOF - Nerds on fossa!


Foi me intromentendo em uma conversa do @deniscp com a @ladyrasta cai dentro desta brincadeira que eles investaram que consistem em fazer um post-irmão sobre um tema de combinamos (um meme!).

Bom, o tema é a fossa. Totalmente influênciados para Maysa, @deniscp, @ladyrasta, @cler , @andreahiranaka, @adriiiana, @nilsonjr, @joaopedroramos, @oimperador e eu estamos aqui para listas algumas músicas que traduzem a fossa.

Estou partindo o princípio que a fossa surge a partir de uma decepção amorosa, de qualquer tipo. A partir dai, para superá-la, você tem que passar por alguns estágios e aqui vão 5 músicas que representam os estágios da fossa para compor este top.

Negação - (é, é mais ou menos como os 5 estágios da aceitação da morte).
Champanhe Supernova- Oasis - naquele momento de dor, é normal querer fugir e os irmãos Gallaler te avisam: mesmo quando você está muito louco, a dor vai aparecer - "here were you while we're getting high"



Desespero - Você tentou fugir e a dor te pegou de jeito e essa constatação te leva à uma atitute desesperada - na maioria das pessoas isso se manifesta com um Drink&dial - porém a Alanis foi ao auge do ato desesperado na fossa, invadindo a casa do ex, tomando banho lá, usando o incenso do cara e tudo mais. A música é Your House.



Raiva - Você cedeu à dor, fez papel de ridículo e você está com muita raiva de sua falta de sorte no amor e você não quer mais se apaixonar para não correr o risco de sofrer. A Madonna resume isso no primeiro verso de Love don't leave here anymore, musiquinha doída na medida exata para o momento. "you've abandoned me, love don't live here anymore".



Recapitulação - a química explica: depois de uma boa dose de adrenalina, você fica bem deprê. Triste. É fase do "why?? why?? why??". Ai você começa a racionalizar um bocado sobre o que aconteceu. lógico que é na bossa nova que a gente encontra a tradução esse momento tão delicado - Insensatez do Tom Jobim, na voz da Nara Leão.



Retribuição - toda aquela reflexão a fase anterior serve para você concluir que o mundo não vai ser injusto com você e que a pessoa que te machucou vai ter o troco dela. O Justin fala isso umas 50 vezes no refrão de What Goes around.




Passa essas fases, é só saducir do resto a poeira e sair da fossa.
A @ladyrasta sugeriu que a gente colocasse uma música "contra-feitiço" para sair do climão. Aqui eu acho que o contra-feitiço é o primeiro momento pós-fossa, uma evolução natural da coisa. Então o meu contra-feitiço tem justamente esse espírito de conhecer coisas novas. Diretamente a trilah de Vicky Christina Barcelona: Giulia y Los Tellarini - Barcelona

7 comments:

Denis Pacheco said...

Meu, tava atrás desse seu contra-feitiço desde que assisti "Vicky...", sempre esquecia de procurar a trilha, agora tô escutando feliz!

Destaque pra sua escolha da Alanis, achei mesmo que viria um "Oughta Know" nervoso, ahhahahaha

João Pedro Ramos said...

Já linkei lá no blog!

Cada um deu sua cara para o Top, ficou bacana!

João Pedro Ramos said...

Ah, e a Dri tem o twitter @adriiiana, com 3 I!

Sy said...

Denis, a Alanis é a rainha do coração partido, mas em termos de fossa essa historia de invadir o apê do cara e passar a tarde lá para descobrir que ele já tá em outra o cúmulo do desespero, por isso foi para o TOP sem nem pensar em you outta know.

Sy said...

Valeu João Pedro, vou arrumar já e linkar seu post

ladyrasta said...

Adorei Sy!!! Sabe que eu quase fiz com esses estágios? (tanto que uma das músicas fala em fases).

Ficou lindo, adorei!!! Nossa, 10!!

Foi o que o João Pedro falou, cada uma ficou com uma cara diferente!

E que venham os próximos!

agrj said...

fossa é uma merda, mas quando vc vai ficando mais velho não tem mais disso não!!!

visitem meu blog: http://agrj.wordpress.com e se gostarem, divulguem ou coloquem em sua lista!!

[]s

Dinho